Ijuí: Coordenador do CACON diz que quimioterapias estão parcialmente suspensas

0
96

Depois do alvoroço causado pela notícia de que o CACON do Hospital de Caridade de Ijuí estava suspendendo os procedimentos de quimioterapia em virtude da falta de medicamentos, o coordenador do Centro, o médico Fábio Franke em entrevista a Rádio Fronteira Missões de Santo Antônio das Missões explicou a situação.

Segundo a reportagem, o médico explicou que as dificuldades e a suspensão de alguns atendimentos das quimioterapias são em decorrência de um atraso nos repasses financeiros por parte do Governo do Estado.

Fábio enfatizou que estão buscando prestar o atendimento, porém alguns pacientes poderão não receber atendimento no dia correto e pede que os pacientes contatem o hospital antes de se deslocarem para realização do procedimento, ou seja, confirmem se poderão ser atendidos ou não para que não façam o deslocamento sem necessidade.

O Cacon atende em torno de 80 municípios da região e com esse atraso de repasses, gera-se transtornos para o centro e pacientes, pois necessitam remarcar muitos atendimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui