RS registra fechamento de postos de trabalho em abril

0
436
No mês passado, foram fechados 2.498 postos formais de trabalho (Foto: Reprodução/Agência do Rádio)

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgado nesta sexta-feira (24), pela secretaria especial de Previdência e Trabalho do ministério da Economia, mostram que o saldo de empregos no Rio Grande do Sul teve retração em abril. No período, foram fechados 2.498 postos de trabalho, um recuo de 0,10% em relação ao estoque do mês anterior.

O resultado de abril no Rio Grande do Sul foi influenciado pela retração do emprego na agropecuária, com o fechamento de quatro mil postos formais, no comércio (-612) e na construção civil (-500). Já o setor de serviços, com abertura de 1,5 mil novas vagas e a indústria de transformação (+1,1 mil), se destacaram com saldos positivos no mercado gaúcho.

Desempenho Nacional:

O Brasil registrou a abertura de 129.601 novas vagas de emprego com carteira assinada em abril, resultado de 1.374.628 admissões e 1.245.027 desligamentos. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgado nesta sexta-feira (24), pela secretaria especial de Previdência e Trabalho do ministério da Economia.

Este foi o melhor resultado para abril desde 2013. Na época, o CAGED registrou a criação de 196.913 vagas. Terceiro ano consecutivo de saldos positivos e crescentes no mês, o número reflete a recuperação do contingente de empregos formais em abril desde 2017. No acumulado do ano, de janeiro a abril, foram gerados 313.835 postos de trabalho e o estoque de empregos chegou a 38,7 milhões.

O resultado de abril de 2019 está diretamente relacionado aos setores de serviços, indústria de transformação e construção civil, responsáveis pela maior parte da geração de empregos no mês. Destaca-se ainda que o saldo de emprego foi positivo nos oito setores econômicos.

FONTE: Ministério da Economia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui