Mortos por chuvas em São Paulo chegam a 19

0
129
Chuvas causaram deslizamentos em diversas regiões da Baixada Santista | Foto: Record TV / Reprodução / CP

As fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista, no estado de São Paulo, deixaram 19 pessoas mortas e 29 desaparecidas, de acordo com balanço divulgado pela Defesa Civil às 6h30min desta quarta-feira. Há 198 pessoas desabrigadas, sendo 155 no Guarujá, 6 em São Vicente e 37 em Santos.

O maior número de mortes foi registrado no Guarujá, onde 15 pessoas faleceram e 22 estão desaparecidas. Dois bombeiros estão entre as vítimas fatais. Os cabos Marciel de Souza Batalha e Rogério de Moraes Santos trabalhavam no resgate de pessoas soterradas no Morro do Macaco Molhado, em Guarujá, quando foram atingidos por um novo deslizamento.

Em Santos, houve três óbitos e há cinco desaparecidos. Em São Vicente, uma pessoa morreu e duas estão desaparecidas. Foram disponibilizadas 15,6 toneladas de materiais de ajuda humanitária (colchões, cobertores, cestas básicas, água sanitária e água potável) aos municípios afetados. Os materiais estão armazenados no depósito do Fundo Social de Santos e serão distribuídos a partir da solicitação das defesas civis municipais.

Ao longo desta quarta-feira, a previsão é de chuva fraca e até moderada em pontos isolados da Baixada Santista. Mesmo a frente fria já estando bem afastada do estado de São Paulo, um sistema de baixa pressão no oceano lançará umidade em direção ao continente que se somará com a umidade da Amazônia. A precipitação será em forma de pancadas com momentos mais persistentes, que elevarão ainda mais os acumulados de chuva na região. Por conta do solo já estar completamente encharcado, o risco de transtornos continua alto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui