Patrick credita queda a maior observação dos adversários do Inter

0
73

Patrick foi um dos principais nomes do Inter na campanha do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Volante de origem, ele se tornou ativo no ataque com gols e assistências. No entanto, nas últimas rodadas, o meio-campista caiu de produção. Após a derrota para o Atlético-MG nessa quarta-feira, o jogador afirmou que uma maior atenção dos adversários pode ter sido o fator que determinou a queda do seu rendimento.

“As equipes talvez tenham visto o primeiro turno e observado que (o esquerdo) era um lado forte nosso. Talvez isso tenha influenciado junto com a queda de rendimento”, disse Patrick. “A cada partida eu busco dar o meu melhor e ajudar os meus companheiros. Talvez isso não esteja acontecendo. Vocês são críticos e têm toda o direito de tirar as conclusões de vocês. Eu vou seguir trabalhando para tentar recuperar o meu futebol e ajudar o inter”, seguiu.

O volante também minimizou as críticas da torcida – ele deixou o jogo contra o Galo vaiado ao ser substituído. Patrick afirmou que os torcedores mudam rapidamente de opinião dependendo do resultado dos jogos e mostrou confiante em recuperar o apoio dos colorados.

“A gente não pode julgar o sentimento do torcedor. Quando você faz gol, eles te abraçam e comemoram. Quando você erra, você é o pior. A gente não pode tirar isso do torcedor”, afirmou.

O Inter se reapresenta no CT Parque Gigante na tarde desta quinta-feira após a derrota para o Atlético-MG. O Colorado terá a volta de Rodrigo Moledo para o jogo contra o Fluminense no domingo. Wellington Silva seguirá fora porque pertente ao time carioca e não pode jogar por um acordo entre os dois clubes. Rodrigo Dourado será reavaliado após ter levado uma pancada no jogo de ontem.

RESPONDER

Por favor digite um comentário
Preencha seu nome