Em súmula, árbitro diz que Winck e auxiliar causaram confusão no Jaconi

0
53

O árbitro Vinícius Amaral escreveu na súmula da partida entre Juventude e Inter que as atitudes do técnico Luiz Carlos Winck e de seu auxiliar Zé Carlos foram as causadoras da confusão entre jogadores dos dois times no primeiro tempo da partida realizada no Alfredo Jaconi pela 6ª rodada do Gauchão. Por conta da briga, além dos dois membros da comissão técnica do time de Caxias do Sul, o atacante colorado Nico López e o zagueiro alviverde Victor Salinas foram expulsos.

“Aos 43 minutos de jogo no primeiro tempo, após a bola sair pela linha lateral na frente da área técnica da equipe do Juventude, o treinador Luiz Carlos Winck e seu auxiliar técnico realizaram uma atitude antidesportiva”, escreveu Vinícius Amaral, que completou. “Vale salientar que essas atitudes descritas foram as causadoras da confusão generalizada entre membros técnicos e jogadores de ambas as equipes”, seguiu.

Sobre as expulsões de Nico López e Victor Salinas, o árbitro escreveu que motivo foi porque ambos atingiram jogadores adversários com socos.

O Inter venceu o Juventude por 2 a 1 na partida realizada nesse domingo no Alfredo Jaconi. Nico López e Pedro Lucas marcaram os gols colorados enquanto Dalberto descontou para os mandantes.

RESPONDER

Por favor digite um comentário
Preencha seu nome