Renovação de Renato vira incerteza no Grêmio

0
99

O tempo passa e a convicção começa a se transformar em desconfiança. No último dia 7, o Grêmio entregou uma proposta de renovação de contrato por mais um ano para o técnico Renato Portaluppi. Aumento salarial e bonificação por títulos estão entre os benefícios propostos pelo Grêmio. Passados mais de 15 dias, o treinador ainda não deu uma resposta ao presidente Romildo Bolzan Jr.

O mandatário já voltou do Rio de Janeiro, onde o Grêmio jogou na quarta-feira e segue treinando para o duelo com o Vitória, no próximo domingo, pelo Brasileirão. Em solo fluminense, Bolzan esperava afinar as tratativas com o treinador. Mas além do Grêmio, o Flamengo também estaria disposto a procurar Renato no Rio de Janeiro para lhe apresentar uma proposta.

Na quarta, após a derrota para o Flamengo, o treinador deixou nas entrelinhas que já foi procurado pela oposição do clube carioca – em dezembro tem eleição para presidente. Dessa vez, é a situação que voltaria o foco para Renato.

A imprensa carioca fala em contrato de três anos para seduzir o treinador, além de um salário bastante atrativo. “Eu tenho o sonho de treinar o Flamengo, não sei quando, mas o dia vai chegar”, disse o técnico. “A preferência sempre vai ser do Grêmio”, continuou, em outro momento da entrevista.

A indefinição não chega a causar desconforto no Grêmio, mas nos bastidores já se cogita um prazo até o final desta semana para que Renato dê uma resposta, ou então apresente uma contraproposta para que o Grêmio possa analisar. Romildo Bolzan Jr. e o departamento de futebol querem iniciar o planejamento da próxima temporada o quanto antes. A posição final no Campeonato Brasileiro também é fundamental para projetar a pré-temporada de 2019.

Enquanto aguarda por Renato Portaluppi, o clube já começa a cogitar outros nomes. Apesar de o vice de futebol, Duda Kroeff, ter dado declarações na última semana de que não há um plano B caso Renato não permaneça, o Grêmio especula o mercado.

Roger Machado, que foi antecessor de Renato e este ano chegou a treinar o Palmeiras, é um dos nomes que agradam. Roger adquiriu outra bagagem após as passagens por Atlético-MG e Palmeiras, e chegaria com maior experiência. Outro nome ventilado é o de Rogério Ceni, que faz ótimo trabalho no Fortaleza, campeão da Série B. Tiago Nunes, em ascensão com o Atlético Paranaense, também é visto com bons olhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui