Geromel não confirma presença entre titulares do Grêmio contra o América de Cali

0
227
Jogador projetou confronto difícil contra colombianos | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Na véspera da estreia do Grêmio na Copa Libertadores, o zagueiro Pedro Geromel ressaltou a dificuldade que o time terá no grupo E da competição e não confirmou sua presença entre os titulares na partida de terça-feira contra o América de Cali. “Estou me sentindo bem. Joguei no sábado, tivemos viagem no domingo e também viajamos. Logo mais teremos treino e mais uma real noção da minha condição física porque ainda não fui submetido a nenhuma carga. Hoje vou tomar a decisão junto com a comissão técnica, o Renato vai conversar comigo. Vamos tomar a melhor decisão”, afirmou o camisa, que disse ter certeza que o Tricolor não é favorita para se classificar na chave, composta também por Inter e Universidad Católica.

“Vai ser uma grande pelea e temos que dar de tudo para seguirmos vivos e conseguir a classificação”, afirmou o camisa 3, um dos capitães da equipe. Ele destacou que o adversário tem uma motivação especial para a partida. “Ainda não perdeu uma partida em casa no ano e está de volta à Libertadores depois de 11 anos. Estamos preparados para todas as dificuldades”, garantiu. “Temos a vantagem de ter a experiência a nosso favor. Estamos confiante, temos um plantel experiente, com jogadores que conhecem a competição”, completou.

Geromel avaliou que o América é uma equipe com forças tanto no setor ofensivo quanto defensivo. “Tem três atacantes muito bons e uma defesa segura. Sabemos as dificuldades que é vir aqui na Colômbia e enfrentar o América, um adversário com jogadores de muita qualidade. Sabemos que não vai ser um jogo fácil. Estamos nos preparando bastante para ter um resultado importante na estreia”, pontuou, citando que já jogou contra Adrián Ramos, uma das estrelas do time, quando atuava na Alemanha.

Mas os destaques não param por aí. De acordo com o zagueiro, outro nome que merece atenção é o do atacante Michael Rangel, camisa 9 de 28 anos. “Tem muita qualidade, creio que faz um pivô muito bom, tem boa estatura e cabeceio, boa finalização, tanto com o pé direito, que é seu preferido, quanto com o esquerdo. Também tem jogadores rápidos que o ajudam bastante”, analisou.

Questionado sobre a preparação do Tricolor para a reestreia na Libertadores após a eliminação para o Flamengo depois de uma goleada no Maracanã, Geromel garantiu que nada mudou. “Nos preparamos como sempre fizemos antes. Nas últimas três edições estivemos na semifinal, nos preparamos com muito trabalho, luta e gana. Assim que esperamos entrar em campo amanhã”, projetou, afirmando que o objetivo é a vitória e os três pontos. “Jogar aqui é muito complicado, um empate fora de casa não é ruim”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui