Concorrência por titularidade irá se acirrar no Grêmio

0
335
Luta pela titularidade no Grêmio vai se acirrar com a volta de selecionáveis | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

A fartura de opções resultará em uma concorrência feroz. A disputa pela titularidade no time do Grêmio promete ser intensa até a estreia na Libertadores da América. Cinco jogadores ainda nem estrearam na temporada, sendo que três deles (Matheus Henrique, Caio Henrique e Pepê) estão na Seleção Brasileira no Pré-Olímpico e se apresentam na próxima semana. Pedro Geromel e Jean Pyerre se recuperam de lesão e em breve podem ficar à disposição.

Renato Portaluppi terá de ser habilidoso para fazer as melhores escolhas e administrar possíveis insatisfações no grupo. “Não pode dar mole, dar bobeira, todo mundo quer jogar. Vou ter um problema sério para escalar. O grupo vai ficar bastante forte, vai jogar quem estiver melhor”, avisa o treinador.

Em todos os setores do time haverá concorrência ferrenha. Na lateral-direita, Victor Ferraz largou na frente de Orejuela. Na esquerda, Cortez começou entre os 11, mas terá de superar Caio Henrique logo na sequência. Porém, as “melhores brigas” prometem se concentrar no meio-campo. Lucas Silva vem crescendo a cada jogo. Entre ele, Maicon e Matheus Henrique, apenas dois estarão no time considerado titular. Thiago Neves e Jean Pyerre é outro “embate” que gera expectativa. Na frente, Diego Souza deve ganhar a posição de Luciano.

“As pessoas falam que o Pepê, quando chegar, tem que ser titular. Aí de um lado tem o Everton e do outro o Alisson. Por isso que eu digo, o Grêmio vai ficar muito forte”, acrescenta Renato. “Quando chegar à Libertadores, a equipe vai estar muito bem em todos os sentidos”, completou. No domingo, contra o Aimoré, pelo Gauchão, o Tricolor jogará mais uma vez com sua força máxima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui