Dia de silêncio na indústria musical nos EUA após morte de George Floyd

0
231
Nesta terça-feira, o show pode 'pausar' com a campanha #TheShowMustBePaused | Foto: Kevin Mazur / Getty Images / CP

Executivos da Atlantic Records emitiram um apelo apaixonado, chamado de #TheShowMustBePaused, em resposta às mortes de George Floyd, Breonna Taylor, Ahmaud Arbery e “outros cidadãos negros nas mãos da polícia” como parte dos eventos desta terça-feira.

Esta é uma resposta à morte de George Floyd nas mãos de quatro policiais brancos em Minneapolis na semana passada, dia 25 de maio. Um dos policias ajoelhou no pescoço de Floyd, lhe tirando o ar. Protestos, desde então, vem sendo feitos em várias cidades nos EUA e Europa.

O músico Tim Burgess, da banda The Charlatans, aderiu à campanha e adiou a festa de audição musical que faria nesta terça-feira. “Temos que ouvir mais e tirar um tempo para pensar”.

O grupo Now United também alterou o header de sua página no YouTube para a hashtag da campanha.

Gravadoras, como a Shady Records, Columbia Records, Capitol Music Group, Elektra Music Group, demonstraram apoio à campanha e ficarão sem nenhuma atividade musical nesta terça-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui