Noroeste do Rio Grande do Sul terá passeio de Maria Fumaça em setembro

0
96
Uma das paradas da locomotiva com dez vagões será na Estação Ferroviária de Catuípe | Foto: Cleiton José Moretti Paiva / Divulgação / CP

O Noroeste do Rio Grande do Sul deve receber, em setembro, uma atração experimental que deve fortalecer o desenvolvimento do turismo regional. O Trem das Missões: um Reponte pelas Etnias é um projeto do Ministério Público Federal (MPF), da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e das prefeituras de Santo Ângelo, Catuípe e Ijuí.

Uma locomotiva com dez vagões, chamada de Maria Fumaça, terá quatro opções de roteiro: de Santo Ângelo a Catuípe, Catuípe a Ijuí, Ijuí a Catuípe e deste último a Santo Ângelo. O retorno ao município de origem será de ônibus. Cada parada terá estrutura com praça de alimentação e apresentações artísticas. O bilhete do passeio vai custar cerca de R$ 70 e poderá ser adquirido em pontos de venda ou via Internet. Os vagões, da ABPF, comportam 469 passageiros, mas passam por reforma a fim de ampliar a capacidade para 515 lugares.

O procurador Osmar Veronese, do MPF de Santo Ângelo, reforça que é uma ação experimental. Os passeios ocorrerão nos dias 20, 21, 22, 28 e 29 de setembro e podem se tornar permanentes, aos finais de semana, por exemplo. “O objetivo da ação é resgatar a memória e preservar o patrimônio. Além, é claro, de desenvolver uma atração turística para a região.”

Cada prefeitura é responsável por organizar atrações culturais, com Centros de Tradições Gaúchas e grupos que resgatem a cultura das etnias e indígena na região para apresentações dentro do trem e nas paradas. Uma das paradas será na Estação Ferroviária de Catuípe, que teve a estrutura restaurada com recursos de ação judicial. A rede ferroviária era concessão da América Latina Logística e, agora, está a cargo da Rumo, que, segundo o MPF, já concordou com o projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui