Munícipes se posicionam favoráveis à negociação entre prefeitura e Mais Frango

0
35
Foto: Reprodução/Planeta FM

ecentemente, a Mais Frango e o Poder Executivo de Miraguaí avançaram na negociação envolvendo parte do terreno que abriga o frigorífico de aves situado às margens da ERS 330, no bairro Irapuá.

No dia 27 de maio, diretores da empresa se reuniram com vereadores, prefeito Ivonir Botton e assessoria jurídica do município. Na oportunidade, Sadi Marcolin e Adelir Weissheimer, detalharam a proposta para a compra dos quatro hectares pertencentes à prefeitura de Miraguaí, bem como, das benfeitorias mencionadas no Contrato Administrativo nº 01/2007, assinado em abril de 2007 entre Mais Frango e Poder Executivo.

A negociação foi tema de uma audiência pública nesta sexta-feira (07), no Salão Paroquial Católico, e reuniu diretores da empresa, autoridades do Executivo e Legislativo, e representantes de diversos segmentos da sociedade de Miraguaí.

A maioria das pessoas presentes na audiência pública se posicionou favorável à negociação, acreditando que a destinação de uma área de terra para criação de novo parque industrial irá alavancar o desenvolvimento local, além de permitir que a Mais Frango faça outros investimentos no complexo do frigorífico.

Entretanto, a negociação necessita de aprovação da Câmara de Vereadores de Miraguaí e homologação do Ministério Público e Poder Judiciário da Comarca de Tenente Portela.

O empreendimento ocupa um espaço de 27 hectares, sendo 23 hectares de propriedade da Mais Frango e o restante do município. As edificações totalizam 12,4 mil metros quadrados. Destes, 2,4 mil metros quadrados foram construídos na área que compete à prefeitura municipal.

A proposta:

Na proposta apresentada por Sadi Marcolin e Adelir Weissheimer, a empresa fica responsável por repassar a municipalidade um terreno de quatro hectares, localizado ao lado do frigorífico, no sentido bairro Irapuá, e com 117 metros de frente para a ERS 330.

Na área permutada, cuja prefeitura municipal possivelmente destinará para a instalação de novas indústrias, a Mais Frango vai construir pavilhões totalizando 1,7 mil metros quadrados. Essa metragem corresponde ao prédio maior que estava sobre os quatro hectares da área do frigorífico no ato de assinatura do Contrato Administrativo nº 01/2007.

Caberá à administração municipal e Poder Legislativo, de forma conjunta, definir a quantidade de pavilhões a serem edificados. Também será acionado um avaliador judicial para determinar o valor dos 773,7 metros quadrados de construção que havia na época da assinatura do Contrato Administrativo em 2007, além de uma balança de cargas e duas lagoas anaeróbicas.

Na apresentação da proposta, no dia 27 de maio, a assessoria jurídica do município afirmou que, caso os vereadores aprovem a negociação, o Ministério Público e o Poder Judiciário de Tenente Portela irão homologar a decisão, porque todas as tratativas estão em comum acordo entre as partes.

Mais Frango:

A empresa iniciou suas atividades no dia 13 de outubro de 2009, as margens de ERS 330, próximo ao bairro Irapuá. Com um ano de atividade conseguiu exportar seus produtos, fato que foi considerado um recorde e lhe rendeu prêmios e homenagens.

Atualmente, os produtos oriundos da Mais Frango são exportados para mais de 20 países, além de abastecer o mercado interno.

A empresa possui cerca de 770 funcionários e a folha salarial mensal ultrapassa R$ 1 milhão. O número de abates atinge 70 mil frangos por dia.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui