MEC divulga resultados do Fies e do Prouni

0
54
O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira o resultado da segunda chamada para o Programa Universidade para Todos (Prouni) e os pré-selecionados para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O programa do Prouni oferece bolsas de estudo parciais (que cobrem 50% da mensalidade) e integrais para cursos de graduação e de formação continuada em universidades particulares. Os nomes dos selecionados estão disponíveis no site do Prouni e nas instituições de ensino participantes do programa. Os estudantes terão até a próxima terça para comprovar as informações enviadas. De acordo com o MEC, são ofertadas 167.780 bolsas em 1.061 instituições particulares de ensino superior, com 60.551 bolsas integrais e 107.229 bolsas parciais. O sistema do programa permite que os candidatos escolham até duas opções de instituição, local de oferta, curso, turno, tipo de bolsa e modalidade de concorrência. Já os candidatos do Fies devem consultar o site do Fies para conferir o resultado. Os pré-selecionados devem fazer a complementação da inscrição que segue até as 23h59min de quinta-feira. Nesta edição, 107.875 mil inscritos disputam 30 mil vagas, ofertadas em mais de 1,3 mil instituições de ensino superior. Quem não foi selecionado na chamada única do Fies ainda pode disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera, em que a inclusão é automática. Nesse caso, o prazo de convocação segue até as 23h59 de 31 de agosto. Inadimplência no ensino superior Universidades enfrentaram aumento de 75% na taxa de inadimplência entre abril a maio deste ano, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes) para medir o impacto da pandemia do novo coronavírus no setor da educação. Para a presidente da Associação Nacional das Universidades Privadas (Anup), Elizabeth Guedes, o Prouni ajuda na melhora da situação econômica das instituições de educação superior. "Com as bolsas, professores e alunos são mantidos em sala de aula, mesmo sem a previsão de normalidade", afirmou Elizabeth em entrevista à Agência Brasil. A previsão do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp) é que 2020 termine com, pelo menos, 11,3% do total de estudantes devendo ao menos uma parcela de mensalidade. Seria a maior taxa desde que o índice começou a ser monitorado em 2006. Até então, o maior número registrado foi no ano passado, com 9,5%.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira o resultado da segunda chamada para o Programa Universidade para Todos (Prouni) e os pré-selecionados para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O programa do Prouni oferece bolsas de estudo parciais (que cobrem 50% da mensalidade) e integrais para cursos de graduação e de formação continuada em universidades particulares. Os nomes dos selecionados estão disponíveis no site do Prouni e nas instituições de ensino participantes do programa. Os estudantes terão até a próxima terça para comprovar as informações enviadas.

De acordo com o MEC, são ofertadas 167.780 bolsas em 1.061 instituições particulares de ensino superior, com 60.551 bolsas integrais e 107.229 bolsas parciais. O sistema do programa permite que os candidatos escolham até duas opções de instituição, local de oferta, curso, turno, tipo de bolsa e modalidade de concorrência.

Já os candidatos do Fies devem consultar o site do Fies para conferir o resultado. Os pré-selecionados devem fazer a complementação da inscrição que segue até as 23h59min de quinta-feira. Nesta edição, 107.875 mil inscritos disputam 30 mil vagas, ofertadas em mais de 1,3 mil instituições de ensino superior.

Quem não foi selecionado na chamada única do Fies ainda pode disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera, em que a inclusão é automática. Nesse caso, o prazo de convocação segue até as 23h59 de 31 de agosto.

Inadimplência no ensino superior
Universidades enfrentaram aumento de 75% na taxa de inadimplência entre abril a maio deste ano, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes) para medir o impacto da pandemia do novo coronavírus no setor da educação.

Para a presidente da Associação Nacional das Universidades Privadas (Anup), Elizabeth Guedes, o Prouni ajuda na melhora da situação econômica das instituições de educação superior. “Com as bolsas, professores e alunos são mantidos em sala de aula, mesmo sem a previsão de normalidade”, afirmou Elizabeth em entrevista à Agência Brasil.

A previsão do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp) é que 2020 termine com, pelo menos, 11,3% do total de estudantes devendo ao menos uma parcela de mensalidade. Seria a maior taxa desde que o índice começou a ser monitorado em 2006. Até então, o maior número registrado foi no ano passado, com 9,5%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui