Grupo agride e sequestra liderança da Terra Indígena Guarita

0
126

No começo da madrugada de quarta-feira (02), Josiane Sales compareceu a Brigada Militar de Tenente Portela relatando que no final da noite do dia 1º, ela e seu marido estavam em casa quando houve uma batida na porta.

Alvisio Dias, que é capitão da liderança indígena no setor do Km 05, ao abrir a porta foi imediatamente agredido por um grupo formado por aproximadamente 20 índios. Segundo a mulher, os indivíduos portavam algumas armas de fogo, cassetetes e até relhos de espia.

Josiane Sales disse a Brigada Militar que ao pedir para que os indígenas parassem com as agressões contra seu marido, foi informada que aquela ação tinha sido ordenada por Alexandre Ribeiro Mineiro e Vilmar Sales. Os dois tentam reivindicar o posto de cacique da Terra Indígena do Guarita, que atualmente é ocupado por Carlinhos Alfaiate.

A mulher contou que após as agressões, o grupo colocou Alvisio Dias em um veículo e saíram para local incerto. Até o fechamento desta matéria, não havia informações se a liderança indígena já tinha sido encontrada.

Durante a confecção do Boletim de Ocorrência, Josiane Sales revelou os nomes e apelidos de alguns índios que participaram das agressões contra seu marido.

RESPONDER

Por favor digite um comentário
Preencha seu nome