MPE e BM cessam evento político clandestino

0
49
Conforme a nota, além de infringir os protocolos sanitários, a ação "pode configurar a prática de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político/econômico" - Foto: MP divulgação

oi emitido, nesta quinta-feira,15, pelo Ministério Público Eleitoral de Frederico Westphalen, nota afirmando que o MP em conjunto com a Brigada Militar, teria flagrado um evento clandestino para a distribuição de materiais eleitorais. O MPE não especificou na nota em qual município foi flagrada a ocorrência.

Conforme a nota, além de infringir os protocolos sanitários, a ação “pode configurar a prática de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político/econômico”. Além disso, há a possibilidade de resultar na cassação de registros de candidatura ou muta aos candidatos beneficiados com o evento. “O Ministério Público repudia essas práticas e, com o inestimável suporte do 37º Batalhão de Polícia Militar, seguirá empreendendo esforços para que tais condutas sejam responsabilizadas, de modo a tornar o pleito eleitoral mais ético e a evitar que a vontade dos eleitores seja viciada por condutas ilícitas, assim como para que a saúde da população siga tutelada”, explica a nota.

Em recente reunião com candidatos de toda a comarca de Frederico Westphalen, Ministério Público Eleitoral e candidatos chegaram a um acordo pela não realização de comícios. Apesar de não ser caracterizado como tal, o MPE afirmou que “a distribuição gratuita de bebidas e comidas em troca de votos fere a isonomia na disputa eleitoral e pode desequilibrar o pleito”.

Com informações do Folha do Noroeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui