Um jogo para testar opções

0
160

Sabendo que na Libertadores não terá jogos tão cedo, o técnico do Internacional mesmo assim resolveu usar um time reserva para enfrentar o São José neste final de semana pelo Gauchão, em jogo com portões fechados, mas o placar foi bom, 4×1.

Imaginava que iria colocar os titulares, visto que na competição continental as disputas não possuem data para recomeçar. Mas Chacho colocou em campo peças que ele precisa ver mais em campo, testar alternativas, jogou sem atacante de área, colocando Potker e Sarrafiori como atantes de lado. O argentino precisa ainda provar todo o trabalho que a direção fez para tê-lo, e neste jogo até se movimentou bem, mas ainda foi pouco para buscar lugar no time principal. O caso de Potker é semelhante, mas este vem de lesão e está retornando aos gramados, precisa ainda se adequar ao estilo de jogo do treinador, e perdeu uma grande chance de gol.

Quem fez uma boa partida foi Nonato, autor de dois gols. Ainda lhe falta um pouco mais de atenção na marcação, mas sua movimentação pelo meio e a chegada ao ataque mostra que pode ser ele o substituto de Edenilson nos próximos jogos da Libertadores (sim, próximos, pois vejo que todos os expulsos do Gre-Nal tomarão mais jogos de suspensão).

E o que falar de Edenilson?!? Em virtude da suspensão pela Libertadores, foi um dos únicos titulares a iniciar a partida. O cara está jogando muito, e fez um belo gol de falta. Gostei também de ver o Praxedes relacionado, e que entrou no final da partida, é sim um garoto de qualidade, e nem mesmo a expulsão no clássico, mesmo estando no banco, fez o treinador limitar as investidas com ele, é um craque promissor.

Nas laterais, vi Moisés e Saravia um tanto discretos, apoiando muito no ataque, mas deixando na defesa muitos espaços, obrigando os volantes e zagueiros a fazerem a cobertura por ali. E Danilo Fernandes fechou o gol, é um grande goleiro, e muito bom ter deixado ele jogar, para manter o ritmo. O gol sofri ainda acende o alerta sobre a bola aérea. Em dois lances seguidos, dois gols do São José, apenas o segundo valeu, o primeiro foi impedimento, e ambos nasceram de bola parada lançada na área e que a nossa defesa não estava bem posicionada.

Agora, sem a Libertadores e possivelmente sem jogos pelo Gauchão também, as próximas semanas servirão para treinos e recuperação de lesionados. Chacho poderá testar as opções que utilizará no retorno da Libertadores, substituindo Edenilson, Cuesta e Moisés.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui