Programa fortalece a produção leiteira em 44 municípios da Região Noroeste

0
87

Rede Leite, Programa em Rede de Pesquisa e Desenvolvimento em Sistemas de Produção com Atividade Leiteira no Noroeste do Rio Grande do Sul, está completando 15 anos.

Em meio ao desafio de fortalecer a produção leiteira no estado, as oito instituições que integram o programa irão realizar na próxima quinta-feira (29), em Ijuí, o 4º Fórum da Rede Leite. O evento iniciará às 08 horas, no Salão de Atos da Unijuí.

– Essa trajetória teve muito esforço de pessoas, instituições e agricultores – afirmou João Schommer, engenheiro agrônomo da Emater-Ascar e coordenador do Comitê Gestor da Rede Leite.

O objetivo do fórum é evidenciar os resultados alcançados durante esses 15 anos, o impacto da Rede Leite na melhoria do meio ambiente, nas relações sociais e na renda das famílias.

Números:

Nos últimos três anos, o número de produtores de leite tem diminuído na região administrativa da Emater-Ascar de Ijuí, que abrange 44 municípios dos Coredes Celeiro, Noroeste Colonial e Alto Jacuí.

Em 2015, havia 13.659 produtores vendendo leite para a indústria. Em 2018, o número caiu para 10.029 produtores. A produção, no entanto, não sofreu grandes oscilações no período, devendo fechar este ano em aproximadamente 787 milhões de litros, contra 800 milhões de litros produzidos no ano de 2015.

– Diminuiu a quantidade de produtores, mas aumentou a escala de produção – analisa o médico veterinário da Emater-Ascar, Oldemar Weiller.

O programa:

A Rede Leite, Programa em Rede de Pesquisa e Desenvolvimento em Sistemas de Produção com Atividade Leiteira no Noroeste do Rio Grande do Sul, conta, atualmente, com a participação formal das seguintes instituições: Emater-Ascar, Embrapa, Universidade de Cruz Alta (Unicruz), Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), Instituto Federal Farroupilha (IFFar) de Santo Augusto, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Cooperfamiliar e Rede Dalacto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui