Nota fiscal eletrônica para produtores rurais será obrigatória a partir de 2020

0
55

Os produtores rurais do Rio Grande do Sul poderão utilizar o tradicional talão de produtor até o fim deste ano. A partir de 1º de janeiro de 2020, será obrigatória a implantação da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

A secretaria estadual da Fazenda (SEFAZ) decidiu estender o prazo para a substituição do talão de produtor atendendo aos pedidos apresentados pelas prefeituras. Atualmente, a maior dificuldade é o acesso à internet no meio rural de diversos municípios gaúchos.

A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS) está realizando um levantamento que irá mostrar o cenário do sinal de telefonia móvel e de internet nas localidades gaúchas. Os primeiros dados revelam que há déficit na oferta e oscilações na rede, ocasionando que comunidades fiquem desassistidas no interior dos municípios. Essa limitação impede que os produtores rurais possam se adequar à norma que exige a utilização da NF-e em detrimento ao talão de produtor.

A implantação do sistema eletrônico vai garantir mais segurança e modernidade nas transações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui