Colheita inicia e Rio Grande do Sul quer recuperar o posto de 2º maior produtor de soja do país

0
401
Conforme a Emater-Ascar, colheita atinge cerca de 5% da área plantada no Rio Grande do Sul nesta safra (Foto: Diones Roberto Becker)

De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater-Ascar, a colheita de soja alcança cerca de 5% da área plantada no Rio Grande do Sul, na safra 2020/2021. O restante das lavouras está nas fases de maturação (24%), enchimento de grãos (59%), floração (10%) e germinação e desenvolvimento vegetativo (2%).

Entretanto, os técnicos da instituição afirmaram que a diminuição rápida da umidade do solo e a grande necessidade de aporte de água pelas plantas provocaram sintomas de déficit hídrico em diversas regiões produtoras da oleaginosa.

A safra 2020/2021 representa um marco para a cultura da soja no Estado. Pela primeira vez foi superada a barreira dos seis milhões de hectares semeados e prossegue a perspectiva que sejam ceifados aproximadamente 20 milhões de toneladas do grão.

A Associação dos Produtores de Soja do Rio Grande do Sul (APROSOJA/RS) acredita que o Estado possa recuperar o posto de segundo maior produtor do grão no Brasil, nesta safra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui