Suspeitos de homicídio na Prainha do Cascalho se apresentam à Polícia Civil

0
374
Os quatro acusados de participação no homicídio de Alberi da Silva já estão recolhidos ao Presídio Estadual de Três Passos (Foto: Diones Roberto Becker)

A Polícia Civil de Três Passos divulgou que os dois homens que estavam com prisão preventiva decretada, e, por isso, encontravam-se na condição de foragidos da Justiça em virtude do assassinato de um homem, ocorrido na Prainha do Cascalho, em Tiradentes do Sul, se apresentaram na Delegacia de Polícia.

Após os registros, os dois foram conduzidos ao Presídio Estadual de Três Passos, local onde já se encontram, sob cárcere, os outros dois acusados pelo crime.

Na noite de 25 de outubro, por volta das 23 horas, uma briga envolvendo dois grupos resultou no espancamento de Alberi da Silva, popular ‘Bico’. O três-passense de 38 anos ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Caridade de Três Passos até a terça-feira (27/10), quando faleceu.

O balneário Prainha do Cascalho, que fica na orla do Rio Uruguai, foi interditado pela Prefeitura de Tiradentes do Sul, através de decreto municipal em virtude da aglomeração de pessoas. Na mesma semana em que o local teve a notícia negativa da ocorrência do homicídio, um prefeito de El Soberbio também criticou a aglomeração de pessoas e a falta de cuidado do lado brasileiro, uma vez que a Argentina vem enfrentando, agora, a mais severa onda de coronavírus, desde o início da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui